Galeão e Cumbica têm maior número de atrasos nos voos

No Rio, atrasos atingem 13 voos e em SP, 18; em todo o País, Infraero registra 6,9% de voos atrasados

Elvis Pereira, estadao.com.br

02 Janeiro 2009 | 12h09

O Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, acumulou o maior número de vôos com atrasos superiores a 30 minutos no País, até as 13 horas desta sexta-feira, 2. De 112 voos, 18 partiram fora do horário previsto, o equivalente a 16,1% do total. Duas partidas foram canceladas. Em segundo lugar no balanço da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), aparece o Aeroporto do Galeão, no Rio, onde houve 13 atrasos (14,6%) em 89 voos. Nenhum voo foi cancelado.   Veja também: CET sugere volta entre 6 e 14 horas de domingo Fotos de banhistas aproveitando o verão    Fotos da virada de ano no Brasil e no mundo    Em Brasília, o Aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek teve atrasos em 3 dos 79 vôos, 3,8% do total, e 7 cancelamentos. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, de 114 vôos, 8 voos atrasaram (7%) e 21 acabaram cancelados (16,5%). Em todo os 47 aeroportos do País administrados pela Infraero, incluindo os dados citados acima, ocorreram 67 atrasos (6,9%) e 84 cancelamentos (8,6%) em 976 voos previstos.   Atualizado às 13h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.