Galpão de fertilizantes em SC tem situação regular

O Ministério da Agricultura determinou à superintendência de Santa Catarina que auxilie a Polícia Federal (PF) e a Defesa Civil no trabalho de apurar as causas da explosão da armazenadora de fertilizantes Global Logística no terminal marítimo de São Francisco do Sul (SC). O ministério informou em nota, nesta sexta-feira, 27, que a Global Logística está registrada como armazenadora de produtos fertilizantes e está com a situação regular junto ao órgão.

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 18h33

"Ou seja, a empresa foi vistoriada para aquele fim específico, de armazenar. É preciso esclarecer que fábricas que manipulam esse tipo de material passam para uma fiscalização periódica para verificar se todas as regras de produção estão sendo cumpridas", afirmou o superintendente federal de Agricultura de Santa Catarina, Luiz Gustavo Balena, no comunicado.

O superintendente informou ainda que existem cerca de 40 fábricas de fertilizantes em Santa Catarina e todas são regularmente inspecionadas, "sendo a primeira vez que ocorre um acidente dessa natureza no Estado".

O ministério disse que foram disponibilizados às autoridades cerca de 130 veículos e os 160 fiscais federais agropecuários que trabalham no Estado, além da rede de laboratórios Nacionais Agropecuários (Lanagros) para auxiliar no apoio técnico-científico.

"Essas medidas foram tomadas porque o ministério é responsável pela fiscalização da produção e, também, comercialização de fertilizantes no Brasil. Vamos auxiliar a polícia federal e demais órgãos envolvidos no que for necessário", disse o ministro Antônio Andrade na nota.

Mais conteúdo sobre:
incêndioSC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.