Game em que é preciso matar políticos faz sucesso na China

Idéia do criador é fomentar valores éticos e condenar a corrupção

Alexandre Barbosa, do estadao.com.br, com Efe, Efe

01 Agosto 2007 | 09h45

Um jogo online no qual a principal missão é acabar com políticos corruptos está fazendo sucesso entre os internautas de uma cidade onde há alguns anos aconteceu um dos maiores escândalos de corrupção do país, informou nesta quarta-feira a imprensa chinesa. No distrito de Ningbo Haishu, no nordeste da China, há oito anos aconteceu um escândalo envolvendo altos oficiais do exército chinês, condenados à prisão por contrabando e desvio de fundos públicos.   Chamado de Incorruptness Warrior (guerreiro incorruptível), o game permite ao jogador combater personagens históricos bons e maus, aumentando sua energia ou 'virtude'. O game, embora criticado por sua qualidade gráfica ruim, tem o mérito de ter a preocupação de limitar o acesso ao game. As sessões de jogatina, ainda que virtuosas, duram no máximo duas horas.   O jogo, instalado há apenas uma semana, já foi jogado por mais de 7 mil pessoas nos cibercafés, segundo o jornal South China Morning Post, de Hong Kong. Embora ambientado em épocas passadas, desde a dinastia Qing, o jogo procura conscientizar os jovens para a importância de lutar contra a corrupção atual. "Através do jogo, os jovens serão mais positivos e valentes na luta contra a corrupção no mundo real", destacou Hua Tong, criador do jogo. A ação acontece em lugares reais de Ningbo. Os jogadores podem usar diversos truques para acabar com os políticos corruptos, inclusive o assassinato com armas sofisticadas.   (Matéria atualizada para acréscimo de informações)

Mais conteúdo sobre:
China Game

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.