Garcia: Brasil e EUA tentarão posição única sobre clima

O assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, informou hoje que o Brasil e os Estados Unidos irão tentar chegar a uma posição comum na Conferência das Nações Unidas para a Mudança Climática, que será realizada em dezembro, em Copenhague, Dinamarca. Segundo ele, foi o presidente norte-americano, Barack Obama, que apresentou a proposta ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje, pouco antes da reunião do G-8 (sete economias mais industrializadas e a Rússia) e o G-5 (Brasil, China, Índia, México e África do Sul), em L''Aquila, na Itália.

AE, Agencia Estado

09 Julho 2009 | 10h22

O diretor do Departamento de Meio Ambiente do Itamaraty, Luiz Alberto Figueiredo Machado, disse que Obama quer que Brasil e EUA liderem as negociações em Copenhague, a partir de uma posição consolidada. Porém, segundo Marco Aurélio, o presidente norte-americano deixou claro a Lula a margem limitada dos EUA para assumir compromissos mais ambiciosos no acordo que fixará metas de redução de emissão de gases poluentes para o período de 2013 a 2020.

Mais conteúdo sobre:
ambiente aquecimento global G-8 Brasil EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.