Garis removem carcaça de baleia morta no Rio

Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a secretaria do Ambiente do Rio promoveu um mutirão de limpeza na praia de Copacabana, mas o que chamou a atenção nesta quinta-feira foi a remoção da carcaça de uma baleia que chegou à praia da Reserva, na zona oeste. Uma equipe de dez garis foi responsável pelo trabalho, realizado com motosserras, pás mecânicas e uma carreta.

AE, Agência Estado

22 Março 2012 | 19h17

A baleia, de 20 toneladas, seria levada para o aterro sanitário de Gramacho. Biólogos estimaram que a baleia tinha morrido há 4 dias. No mar de Copacabana, o trabalho foi feito por mergulhadores profissionais. Na areia da praia, a limpeza mobilizou alunos do curso de formação de professores do Colégio Estadual Ignácio Azevedo do Amaral.

Mais conteúdo sobre:
baleia morte RJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.