Garota egípcia de 10 anos contrai vírus da gripe aviária

Uma garota egípcia de 10 anos contraiu o vírus da gripe aviária, tornando-se o 25º caso humano no país, disse uma autoridade da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira, 14."O caso ocorreu dentro de Aswan em uma área urbana, e nós não temos muitos detalhes até o momento", disse Hassan al-Bushra, conselheiro regional para vigilância de doenças para a OMS.A agência de notícias Mena citou um porta-voz do Ministério da Saúde dizendo que a garota, Amira Abdel Latif Nayel, foi internada em um hospital em Aswan, a 450 quilômetros do Cairo, na última terça-feira, sofrendo febre e dores musculares.Testes haviam confirmado que Nayel tinha contraído o vírus H5N1 e que ela havia sido tratada com a droga antivirótica Tamiflu, informou a Mena citando o porta-voz, o qual também disse que a garota tinha o quadro estável.Ele acrescentou que sua família estava sendo mantida sob observação. Bushra disse que a garota será transferida ao Cairo para tratamento.No domingo, a OMS e o ministério da Saúde do Egito disseram que um garoto de 4 anos também tinha o vírus e estava, assim como a menina, recebendo tratamento à base de Tamiflu.Segundo a OMS, o vírus matou 168 pessoas desde 2003 e pelo menos 200 milhões de aves foram abatidas ou isoladas.

Agencia Estado,

14 de março de 2007 | 19h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.