Gasto público para obras exclusivas da Olimpíada é estimado em R$5,6 bi

A previsão inicial de gastos públicos em obras voltadas exclusivamente para a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, é de 5,6 bilhões de reais, informou a Autoriade Pública Olímpica (APO) nesta terça-feira.

Reuters

28 de janeiro de 2014 | 10h53

Neste montante estão incluídos gastos dos três níveis de governo --federal, estadual e municipal-- seja em obras realizadas somente pelos governos ou em parcerias público-privadas (PPPs).

Não estão neste total anunciado nesta terça obras como de aeroportos, por exemplo, que não são voltadas exclusivamente para os Jogos. Um novo anúncio sobre gastos públicos com a Olimpíada deve ser feito em março.

Na semana passada, o comitê organizador dos Jogos Olímpicos (Rio 2016) anunciou um orçamento de 7 bilhões de reais, financiado pela iniciativa privada, para arcar com os custos operacionais da Olimpíada.

(Reportagem de Pedro Fonseca)

Mais conteúdo sobre:
OLIMPPREVISAOGASTOSPUBLICOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.