Gato clandestino sobrevive 17 dias trancado em contêiner

Um gato assustou e surpreendeu um grupo de trabalhadores na Inglaterra, ao saltar para fora de um contêiner após uma viagem de 17 dias entre Israel e as Ilhas Britânicas, uma jornada de mais de 3,2 mil quilômetros, informa um grupo de proteção aos animais.Funcionários do serviço de resgate de animais afirmam que o clandestino estava faminto e desidratado quando os funcionários de um armazém de Whitworth, em Lancashire, descobriram a carga inesperada, na sexta-feira passada.Os funcionários dizem que o gato, batizado de Ziggy - pois, como David Bowie e seu personagem Ziggy Stardust, tem um olho verde e outro azul - fugiu quando o contêiner foi aberto, e ficou escondido por cinco horas."Acho que ele ficou morto de medo. Viajou muito, chegou a um país estranho e correu pela vida", disse James Ratcliff, representante da organização de caridade Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals.O funcionário alfandegário Colin Barton acredita que a viagem do animal começou em 31 de outubro, quando o contêiner da onde saiu foi lacrado em Afula, no norte de Israel. A caixa chegou a Liverpool 10 dias depois e foi levada ao armazém.O animal está sob cuidados veterinários. Autoridades tentam localizar seus donos em Israel.

Agencia Estado,

24 de novembro de 2006 | 19h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.