Generais britânicos criticam EUA sobre pós-guerra iraquiano

Estratégia americana era ''fatalmente errada'', diz alto general.

BBC Brasil, BBC

01 de setembro de 2007 | 22h00

Dois generais do alto escalão das Forças Armadas britânicas criticaram a estratégia americana para o pós-guerra no Iraque."O plano americano para o pós-guerra era fatalmente errado e muitos de nós percebíamos isso", disse o general Tim Cross, o vice para reconstrução e assistência humanitária da coalizão liderada pelos Estados Unidos que invadiu o Iraque. "Almocei com (o então secretário de Defesa americano) Rumsfeld em fevereiro de 2003, antes da invasão de março, e levantei preocupações sobre a necessidade de internacionalizar a reconstrução do Iraque e de trabalhar junto com a ONU", disse ele em entrevista publicada neste domingo pelo jornal britânico Sunday Mirror. "Ele não quis ouvir. Os Estados Unidos estavam convencidos de que, após a invasão, o Iraque iria surgir relativamente rápido como uma democracia estável."No sábado, outro jornal, o Daily Telegraph, trouxe críticas do chefe do Exército britânico na época da invasão, o general Mike Jackson, que disse que a estratégia americana seria "intelectualmente falida".Para ele, a declaração de Rumsfeld de que os Estados Unidos "não reconstroem nações" seria "absurda"."Deveríamos ter mantido as forças de segurança iraquianas em seus empregos e sob o comando da coalizão", disse ele. O Exército iraquiano foi desmembrado após a invasão americana em 2003.O ministério da Defesa britânico disse que os comentários de Jackson, agora aposentado, são apenas opiniões pessoais de um cidadão.Mas o antigo embaixador americano para a ONU, John Bolton, disse que as críticas de Jackson seriam "muito equivocadas"."Não digo que acertamos tudo em Washington, tenho minhas próprias críticas. Mas as dele são muito equivocadas, simplistas, limitadas ao papel que ele desempenhou".O correspondente da BBC Paul Wood disse que as críticas de Jackson devem estremecer ainda mais as relações entre o comando britânico e o americano no Iraque.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.