Genética é cada vez mais utilizada

Aumento da demanda estimulou uso da tecnologia para preservar características dos animais excepcionais

O Estado de S.Paulo

29 de agosto de 2007 | 00h59

A principal função do jumento é formar muares - burros e mulas -, resultado do cruzamento com éguas. Os muares são usados para trabalhos no campo, especialmente em fazendas de pecuária. Eles são mais resistentes e fortes do que os cavalos, agüentam clima quente, topografia íngreme e raramente ficam doentes. Além do trabalho nas fazendas, os muares também têm se destacado nas cavalgadas de longas distâncias. E é neste mercado que o melhoramento genético mais tem contribuído. Para essa finalidade, o muar precisa ter boa marcha e ser dócil, características herdadas, normalmente, do jumento.Conforme explica o criador Martin Frank Herman, do Criatório Campeãs da Gameleira, em Itapetininga (SP), a característica da boa marcha é o chamado momento de apoio tripedal, quando três patas do animal ficam no chão. É isso que garante maior conforto para o muladeiro. "O que vem ocorrendo nos últimos anos é uma evolução zootécnica, principalmente no quesito andamento, obtida com cruzamentos entre animais de qualidade."SÊMEN CONGELADOHerman iniciou seu plantel de asininos - hoje com 50 jumentas e 5 reprodutores - há apenas 9 anos, mas já começou a usar tecnologia genética para melhorar seus animais. O recurso mais usado, destaca o criador, é o congelamento de sêmen. Apesar do alto custo, que ele prefere não divulgar, ele garante que vale a pena. "Se um excelente reprodutor morrer, garantimos uma reserva de material."O criador Marco Antônio Andrade Barbosa, da Fazenda Mula Preta, em Uberaba (MG), está no ramo há 34 anos e concorda que o investimento em genética é essencial para melhorar a raça. "O próprio aquecimento do mercado provocou esta necessidade de começar o desenvolvimento genético da espécie", acredita.Ele conta que vem fazendo cruzamento entre as principais famílias do seu plantel e já utiliza técnicas como inseminação artificial e transferência de embrião em alguns animais. "É muito caro. Só faço nos animais excepcionais. Das cem jumentas matrizes do plantel, apenas quatro se destacam para isso." O investimento em tecnologia, garante, tem retorno garantido, principalmente agora, em que a demanda é crescente e maior que a oferta. "Uma boa matriz pode gerar até três animais por ano, em vez de um." O período de gestação da jumenta é de 12 meses. OS MAIS CONHECIDOSJumento: chamado também de asno ou jegue, é menor que o cavalo. É inteligente e de visão e audição aguçadas. O pêga é mais difundido comercialmente. O jegue nordestino é outra raça de jumento.Muares: o resultado do cruzamento de égua com jumento, se for macho é denominado burro e, se for fêmea, mula. São parecidos com a égua, mas herdam do jumento a força e a resistência. Já o resultado da cruza entre cavalo e jumenta é o bardoto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.