Gerdau suspende operações na unidade paulista de Araçariguama

A Gerdau, uma das maiores siderúrgicas do país, anunciou nesta sexta-feira que suspendeu as operações de sua unidade em Araçariguama, no interior paulista, devido à queda na demanda por aço.

REUTERS

20 de março de 2009 | 13h19

Inaugurada há três anos, a fábrica tem capacidade para produzir 900 mil toneladas de aço por ano e recebeu investimentos de 500 milhões de reais.

"Devido à redução da demanda em razão do novo cenário econômico, a Gerdau está antecipando manutenções na sua unidade ... localizada em Araçariguama, cujo retorno da produção de aço ocorrerá entre o final de março e início de abril", informou a companhia, em nota.

Devido aos efeitos da crise global, que fizeram o lucro da companhia despencar 67 por cento no quarto trimestre, a Gerdau já decidira reduzir a previsão de investimento no período 2008-10, de 6,4 bilhões para 5 bilhões de dólares.

Em novembro, a companhia adiou um investimento de 524 milhões de dólares em uma nova siderúrgica na Argentina, que foi anunciado em setembro.

Procurada, a companhia não informou imediatamente se haverá suspensão temporária dos contratos de trabalho de funcionários da unidade.

(Reportagem de Aluísio Alves; Edição de Alberto Alerigi Jr.)

Mais conteúdo sobre:
SIDERUGIAGERDAUARACARIGUAMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.