Gestante é sexta vítima da gripe suína em Minas Gerais

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais confirmou a sexta morte pelo vírus Influenza A (H1N1), a gripe suína, no Estado. O diagnóstico foi confirmado por meio de exame laboratorial enviado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A gestante de 22 anos, moradora de Barroso, próximo do município de Barbacena, morreu no dia 5 deste mês. O bebê também faleceu, segundo informou a secretaria.

PRISCILA TRINDADE, Agencia Estado

20 Agosto 2009 | 15h45

Hoje, a Prefeitura de São Paulo divulgou uma recomendação para que as servidoras gestantes que lidem diretamente com o público sejam remanejadas para atividades internas. A medida é uma forma de prevenção devido ao alto índice de grávidas que contraem o vírus da gripe suína.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínamorteMGgestante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.