Gisele Bündchen desfila na SPFW após a maternidade

Finalmente esquentou o clima da São Paulo Fashion Week. Ontem foi o dia tão esperado do desfile de Gisele Bündchen, que desde o nascimento do filho Benjamin, em março, estava afastada das passarelas em todo o mundo. A top, mais do que nunca, causou tumulto na SPFW , antes de se apresentar pela Colcci, em um desfile que só começou depois das 22h, com atraso de quase uma hora.

AE, Agência Estado

14 de junho de 2010 | 09h06

Apagaram-se as luzes, o desfile começou e Gisele surgiu na passarela, notoriamente satisfeita com o reconhecimento do público. Entrou com tudo. Requebrando mais do que nunca. E segurando o sorriso no rosto. Aplausos, gritinhos, e ela não se conteve. Sorriu. Em seguida mais gritos. Foi a vez do ator Reynaldo Gianecchini entrar, com um corpo mais malhado do que nunca. Mas as atenções não ficaram com ele.

Gisele entrou na passarela quatro vezes, primeiramente com um conjunto de top e calça justa com estampa tropical; a segunda, com um look preto e branco listado, e a terceira, com um vestidinho micro petit pois branco. No fim, apareceu com a estilista Jéssica Lengyel, da Colcci - com o mesmo look anterior. Quando estava quase sumindo da passarelas, levantou os dedinhos, fazendo o clássico "paz e amor" de sempre. Antes de Gisele, passaram pela Bienal João Pimenta, Paola Robba, Amapô e Mario Queiroz.

Fora da Bienal - A polêmica e a ousadia ficaram um pouco mais longe do Ibirapuera, mais especificamente na Barra Funda. Foi lá que desfilaram Do Estilista e Neon, que mostraram as coleções em dois desfiles-shows. Do Estilista mostrou a coleção na Villa Country, na Barra Funda, e a Neon, praticamente do outro lado da rua, no Parque Aquático da Água Branca, no complexo Baby Barioni.

Marcelo Sommer, da Do Estilista, montou uma cena meio western no palco cheia de referências de sua vida pessoal, como pranchas de surfe e o número 13, seu preferido. Há muito Sommer não fazia um desfile tão abastado. E isso se deu pelas parcerias, jeans com a Wrangler, bolsas e bordados com Sandra Fukelmann, dona da marca Le Sac Brodé, e óculos , Ventura.Sommer fez ainda uma linha de camisas para a Villa Country. A novidade é que algumas peças da coleção começam a ser vendidas esta semana, caso dos óculos e das mochilas bordadas com pedras.

A Neon literalmente mergulhou no universo da moda, apresentando a coleção à beira da piscina. A marca evocou os exageros estilosos dos anos 80 e trouxe muitos tons marcados, como o tradicional "bocão vermelho", bocão azul e bocão verde-água... Na passarela, muito neoprene, grafismos, peças de plástico transparente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
modaSPFWGisele Bündchen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.