Gizmodo Brasil deverá contar cmo 40% de produção própria

Com cerca de 8,2 milhões de visitantes únicos por mês, o blog gizmodo.com é um dos mais respeitados no mundo da tecnologia (seu principal concorrente é o Engadget – www.engadget.com).Centrado em posts sobre novidades tecnológicas, a proposta do site é tratar o assunto de forma descontraída e bem-humorada. Transmitir a mesma idéia em diferente idiomas é o maior desafio para as versões internacionais do Gizmodo. "É importante que os posts sejam contextualizados em cada uma das versões locais, para que tenham sentido para os seus leitores. Às vezes uma piada que se encaixa muito bem na página da Espanha não entraria nunca no Gizmodo da Alemanha", diz Gaby Darbyshyre, vice-presidente da empresa que detém os direitos do blog. Segundo ela, a produção de posts exclusivos dos sites locais gira em torno de 40% do total publicado, sendo o resto composto por traduções do conteúdo do Gizmodo norte-americano. Para buscar o máximo de fidelidade possível à versão original do blog, Brian Lam, editor do gizmodo.com, diz que faz questão de conhecer de perto quem são os blogueiros que escrevem para as versões locais. "Estava ansioso para conhecer o editor da página brasileira. É importante que seja alguém em que confiamos, que dê a cara que esperamos ao blog."Quem tomou a iniciativa de criar uma versão brasileira do Gizmodo foi a loja virtual especializada em informática Mouses (www.mouses.com.br), e são os seus administradores que contratarão a equipe que escreverá os posts em português. "Já escolhemos o editor da página, mas ainda não podemos divulgar o seu nome. Ele trabalhará com mais dois repórteres, e eles contarão com com três profissionais da área técnica para cuidar do site", diz Cesar Lucchesi, um dos gerentes da Mouses.Segundo ele, a expectativa é que o Gizmodo Brasil, que deve ser lançado na primeira quinzena de junho, esteja entre os três maiores blogs do País um ano após seu lançamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.