GM do Brasil será alocada na 'Nova GM' e manterá investimentos

A unidade brasileira da General Motors será alocada na "Nova GM", parte da montadora norte-americana que reunirá os ativos saudáveis no processo de reorganização da matriz, que na segunda-feira entrou com pedido de proteção contra falência nos Estados Unidos. A informação foi dada nesta terça-feira pelo presidente da GM do Brasil e operações Mercosul, Jaime Ardila.

REUTERS

02 de junho de 2009 | 11h35

"O governo dos EUA será dono da 'Nova GM' e da GM do Brasil por um tempo", afirmou Ardila a jornalistas.

Segundo o executivo, a GM do Brasil "é saudável, lucrativa". Ardila acrescentou que a montadora está sendo lucrativa em 2009, depois de ter registrado seu melhor ano em 2008.

O executivo assegurou que os investimentos de 2,5 bilhões de dólares programados para o período de 2007 a 2012 serão mantidos. Desse total, cerca de 2 bilhões de dólares referem-se ao Brasil e os 500 milhões de dólares restantes a uma linha de produção na Argentina.

(Reportagem de Alberto Alerigi Jr. e Guillermo Parra-Bernal)

Mais conteúdo sobre:
AUTOSGMBRASIL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.