GM e Magna chegam a acordo preliminar sobre Opel, dizem fontes

A General Motors e o grupo canadense de autopeças Magna International chegaram a um acordo inicial que pode resgatar a enfraquecida montadora alemã Opel, disseram fontes próximas das negociações nesta sexta-feira.

REUTERS

29 de maio de 2009 | 11h28

Ambos os lados vinham tentando acertar um acordo sobre um memorando de entendimento que pode servir de base para um empréstimo-ponte de 1,5 bilhão de euros (2,10 bilhões de dólares) assim como uma solução para proteger a Opel de credores, caso a GM entre com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos.

"Um esboço de acordo foi alcançado. A meta é acertar os detalhes que forem possíveis antes da reunião com a (chanceler alemã Angela) Merkel para assinar o memorando de entendimento hoje", disse uma fonte com conhecimento das conversações à Reuters.

Tudo o que sabemos sobre:
GMMAGNAACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.