Goiânia tem melhores condições de entorno de domicílio

Goiânia é, entre as cidades com mais de um milhão de habitantes, a que tem as melhores condições no seu entorno, de acordo com o Censo 2010 do IBGE. Está em primeiro lugar nos itens iluminação pública, arborização, existência de meio-fio (guia) e identificação de logradouro (placas de ruas, praças, etc). Ficou em segundo lugar em pavimentação e em quarto lugar em existência de calçada e de rampas para cadeirantes. Nos dois itens ruins, Goiânia também teve o melhor desempenho, com o último lugar em existência de esgoto a céu aberto e de lixo acumulado fora das casas.

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

25 Maio 2012 | 10h19

No outro extremo, Belém teve os piores resultados em vários itens do entorno dos domicílios, entre as cidades com mais de um milhão de habitantes. Está em último lugar em iluminação, pavimentação, arborização, meio-fio (guia), calçada e identificação de logradouros (placas de ruas, praças, etc). E é a campeã em esgoto a céu aberto e lixo acumulado. Entre os domicílios da capital paraense, 44% têm esgoto a céu aberto e 10% tinham lixo acumulado no período da coleta de dados do IBGE, que pela primeira vez avaliou o entorno dos domicílios.

Mais conteúdo sobre:
IBGECensoentornoGoiâniaBelém

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.