Goiás confirma terceira morte do ano por meningite

O bebê de quatro meses que faleceu no último domingo, em Goiânia, com suspeita de meningite teve o diagnóstico confirmado hoje, como morte causada pela doença tipo meningocócica, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado.

GHEISA LESSA, Agência Estado

14 Março 2012 | 12h05

Com esse caso, o Estado de Goiás passa a registrar três óbitos por meningite somente neste ano, dado que, de acordo com diretor geral do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), Boaventura Braz de Queiroz, é considerado dentro dos índices comuns da doença. Boaventura afirma que, no momento, o HDT tem mais duas crianças internadas em tratamento de meningite identificada.

Goiás apresenta 50 casos notificados de meningite neste ano, sendo 22 confirmados, de acordo com a Secretaria da Saúde. A menina de 4 meses, que não teve o nome confirmado e era originária de Rio Verde, ficou internada durante dois dias no HDT, localizado no Jardim Bela Vista, em Goiânia. Boaventura explica que a morte por meningite pode ser evitada com as vacinas aplicadas em grupos de risco e com tratamento adequado.

Mais conteúdo sobre:
meningitegoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.