Goodyear vê crescimento menor que o esperado no curto prazo

A Goodyear Tire & Rubber reportou uma queda na receita trimestral com a menor venda de pneus e estimou um crescimento menor que o esperado no curto prazo.

Reuters

31 de julho de 2012 | 11h40

Fabricantes de pneus estão sob pressão pelo aumento nos custos de matérias-primas e enfraquecimento da demanda global.

"As condições econômicas de recessão na Europa continuam a ter um impacto negativo nos volumes na indústria de pneu na região", disse o presidente-executivo da empresa, Richard Kramer em um comunicado.

A maior fabricante de pneus dos Estados Unidos disse que agora espera que o volume da unidade de pneus fica em cerca de 5 a 7 por cento abaixo dos níveis de 2011, e que os custos de matéria-prima subam cerca de 7 por cento.

A companhia disse que o volume total de pneus caiu 9 por cento para 39,2 milhões de unidades no segundo trimestre.

O lucro líquido disponível para acionistas subiu para 85 milhões de dólares, ou 0,33 dólar por ação ordinária, no segundo trimestre, ante 40 milhões de dólares, ou 0,16 dólar por ação, um ano antes.

(Por Sagarika Jaisinghani)

Tudo o que sabemos sobre:
EMRPESASGOODYEARRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.