Google desiste da web 3D e anuncia fim do Lively

Durou apenas quatro meses a incursão do Google no universo dos mundos virtuais. O Lively, anunciado em julho como alternativa "útil" a programas como o Second Life e uma das possibilidades de futuro 3D da web, será retirado do ar em dezembro.É a primeira vez que um produto/serviço do Google é descontinuado sem sofrer adaptação ou ser incorporado por outro programa.A idéia do Lively era dar espaço na internet para usuários receberem e conversarem com amigos num ambiente 3D. Era possível colocar seu "quarto" na internet em blogs e sites pessoais, além de construí-lo como quiser, com mobiliário, músicas e níveis de interação personalizados.O programa não fez sucesso, de acordo com um post no blog do Google na quinta-feira. "Sabemos reconhecer quando uma inovação não faz diferença na vida das pessoas", diz o texto, sem a assinatura de um executivo, como geralmente acontece na página. Quem fala é a "equipe do Lively": "Estamos focando nossas pesquisas em buscas, publicidade e aplicativos para escritório".O Google recomenda aos usuários que salvem os vídeos, as músicas e outros materiais hospedados no Lively. O site deve sair do ar até o final do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.