Google Earth agora também mapeia as estrelas

Nova versão do aplicativo permite visualizar superfície de corpos celestes

Reuters

22 Agosto 2007 | 10h21

O popular serviço de mapeamento Google Earth lançará um novo recurso chamado Sky, um "telescópio virtual" que a maior empresa de buscas na Web espera ser capaz de ajudar a transformar milhões de internautas em astrônomos amadores.    Veja imagens do Google Sky   O Google, que criou o Google Earth para oferecer aos internautas uma visão semelhante à que um astronauta teria, mas com capacidade de zoom até o nível de rua em alguns locais, disse que o serviço seria um parque de diversões para quem quer aprender sobre o espaço.   "Nunca antes um guia de todo o firmamento esteve disponível de maneira tão ampla", disse a doutora Carol Christian, do Space Telescope Science Institute, que chefiou a equipe do Sky.   "O Sky do Google Earth fomentará e promoverá uma nova compreensão do Universo ao levá-lo aos computadores de todas as pessoas", afirmou.   Como o Google Earth, o Sky permitirá que os usuários flutuem em torno e se aproximem por zoom de mais de 100 milhões de estrelas individuais e 200 milhões de galáxias. Os usuários verão o céu tal qual visto da Terra.   O serviço criou camadas diferentes que mostrarão a vida de uma estrela, constelações, imagens de alta resolução fornecidas pelo telescópio espacial Hubble e um guia de galáxias para os usuários.   Uma seção de astronomia amadora permitirá que os usuários cliquem sobre estrelas, galáxias e nebulosas visíveis a olho nu e com binóculos e pequenos telescópios.   As imagens foram montadas com material reunido entre diversas fontes externas, incluindo o Digital Sky Survey Consortium, o United Kingdom Astronomy Technology Centre e o Anglo-Australian Observatory. Elas serão atualizadas com o tempo.   "Estamos entusiasmados por oferecer aos usuários imagens astronômicas ricas e conteúdo mais denso que permita às pessoas o aprendizado sobre o que estão vendo", afirmou Lior Ron, gerente de produto do Google, em comunicado.   "Ao trabalhar com alguns dos mais conhecidos especialistas do setor, fomos capazes de transformar o Google Earth em um telescópio virtual", acrescentou.   O serviço Sky estará disponível em todos os domínios do Google Earth, em 13 idiomas, nesta quarta-feira, 22. Os usuários terão de baixar a nova versão do Google Earth.

Mais conteúdo sobre:
Google Earth Google Web 2.0

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.