Google reembolsará US$19 mi em caso de compras de aplicativos por crianças

O Google concordou em reembolsar pelo menos 19 milhões de dólares a pais para compras feitas por seus filhos enquanto jogavam em dispositivos móveis, em acordo firmado para resolver acusações de que esse serviço foi cobrado de forma injusta.

REUTERS

04 Setembro 2014 | 15h57

Por vezes, crianças colocam centenas de dólares na conta de cartão de crédito de seus pais sem permissão, informou a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês), ao anunciar o acordo nesta quinta-feira.

O acordo foi similar ao de 32,5 milhões de dólares estabelecido com a Apple em janeiro.

A FTC afirmou que a gigante da Internet concordou também em modificar a política de cobrança para assegurar que os pais saibam, e concordem, das compras feitas por seus filhos.

Em março, o Google disse ter implementado mudanças que deixavam claro quando dinheiro real - ao contrário do virtual- era gasto e acrescentou permitir que o usuário optasse por ter de colocar uma senha a cada compra, como forma de afastar cobranças indevidas por parte de crianças.

(Reportagem de Diane Bartz)

Mais conteúdo sobre:
EMPRESASGOOGLEACORDOCRIANAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.