Governadores tucanos rejeitam participação do PSDB em ministério de Temer

Alckmin está entre os líderes do partido que são contrários à aliança; Beto Richa (PR) diz que não há necessidade de ocupar cargos

Pedro Venceslau, enviado especial a Foz do Iguaçu, O Estado de S.Paulo

21 Abril 2016 | 21h54

Dois governadores tucanos presentes ao Fórum Empresarial, evento organizado pelo empresário João Doria em Foz do Iguaçu, se manifestaram na noite dessa quinta-feira contrários à participação do PSDB em cargos de um eventual governo Michel Temer (PMDB). "Sou contra ter cargo no governo. O apoio programático não precisa disso", disse Pedro Taques, do Mato Grosso.

Na mesma linha, Beto Richa, do Paraná, afirmou que não há "necessidade" da legenda ocupar ministérios. "Não há necessidade do PSDB ocupar cargos", afirmou. O governador Geraldo Alckmin também é contra a participação. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.