Governo anuncia plano de inovação de R$32,9 bi, diz fonte

A presidente Dilma Rousseff anuncia nesta quinta-feira o Plano Inova Empresa, que contará com 32,9 bilhões de reais para incentivar os investimento em inovação tecnológica, sendo 20,9 bilhões para empréstimos, disse à Reuters uma fonte do governo pouco antes do anúncio.

JEFERSON RIBEIRO, Reuters

14 de março de 2013 | 11h46

Os empréstimos --que serão operados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação-- terão prazo de carência de 4 anos e prazo de financiamento de 12 anos.

Segundo a fonte, que pediu para não ter seu nome revelado, os juros cobrados vão variar de 2,5 a 5 por cento ao ano.

O governo também criou a Empresa Brasileira para Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que funcionará como uma Organização Social, coordenada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASINOVACAOPLANO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.