Governo autoriza Caixa a reajustar preços de loterias

A Caixa Econômica Federal deve aumentar os preços das apostas das loterias Mega-Sena, Lotofácil e Quina a partir de maio. A autorização para o ajuste foi dada pela Secretaria de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda em portaria publicada hoje no Diário Oficial da União.

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

17 Abril 2014 | 08h13

Conforme o documento, a aposta mínima da Mega-Sena, com 6 números, por exemplo, passará a custar R$ 2,50 a partir de 11 de maio. O jogo com 15 prognósticos da Lotofácil será R$ 1,50 a partir de 10 de maio. Já o valor da aposta mínima (5 números) da Quina custará R$ 1,00 a partir de 11 de maio. Os preços de apostas com outras quantidades de prognósticos das três loterias também sofrerão ajustes.

A Caixa deverá divulgar os novos preços das apostas com, no mínimo, 10 dias de antecedência das datas estipuladas. Os ajustes serão efetivados mediante publicação de ato específico do banco no Diário Oficial da União até 30 de abril, determina a portaria.

Mais conteúdo sobre:
aumentopreçoMega-Sena

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.