Governo concede visto de permanência ao italiano Cesare Battisti

O Conselho Nacional de Imigração (Cnig), órgão ligado ao Ministério do Trabalho e Emprego, concedeu nesta quarta-feira autorização ao ex-ativista italiano Cesare Battisti para permanência por tempo indeterminado no Brasil .

REUTERS

22 Junho 2011 | 13h31

A autorização foi concedida por 14 votos a favor e 2 contrários. Houve uma abstenção e três ausências, informou o ministério em comunicado.

O pedido foi feito pelos advogados de Battisti após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 8 deste mês, de manter a decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de não extraditar o ex-militante para a Itália, e ordenou sua libertação imediata.

Battisti foi condenado à revelia por quatro assassinados cometidos na Itália nos anos 1970. Ele nega todos os crimes e diz ser vítima de perseguição política, e o então ministro da Justiça, Tarso Genro, concedeu-lhe status de refugiado.

(Por Hugo Bachega)

Mais conteúdo sobre:
GERALBATTISTIAUTORIZA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.