Governo declara luto oficial de três dias por morte de Chávez

A presidente Dilma Rousseff declarou três dias de luto oficial no país em respeito à morte do presidente venezuelano, Hugo Chávez, informou o Diário Oficial da União nesta quarta-feira.

Reuters

06 de março de 2013 | 07h54

O mandatário venezuelano morreu na terça-feira, aos 58 anos, depois de uma luta de quase 2 anos contra um câncer na região pélvica.

Dilma cancelou viagem à Argentina, programada para esta semana, para ir ao funeral do presidente venezuelano.

Na noite de terça-feira, a presidente disse que a morte de Chávez era uma "perda irreparável" para a América Latina, mas lembrou que o governo brasileiro nem sempre concordou integralmente com o líder socialista.

Chávez, que governou a Venezuela por 14 anos, morreu apenas duas semanas depois de ter voltado a Caracas após uma longa internação em Cuba, onde foi operado quatro vezes contra o câncer.

(Por Daniela Ades, em São Paulo)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICALUTOOFICIALCHAVEZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.