Governo dos EUA terá computador mais rápido do mundo

Projetada para executar testes das armas nucleares, máquina executa 1.000 trilhões de cálculos por segundo

Reuters,

09 Junho 2008 | 18h16

Um computador projetado para executar testes virtuais das armas nucleares dos Estados Unidos será o mais rápido do mundo, executando 1.000 trilhões de cálculos por segundo, anunciou o Departamento de Energia do governo norte-americano nesta segunda-feira, 9.   O Roadrunner, da IBM, foi instalado no Laboratório Nacional de Los Alamos, no Novo México, e é o primeiro a alcançar a marca conhecida como petaflop de performance sustentada, informaram o departamento e a IBM.   "Para colocar isso em perspectiva, se cada uma das 6 bilhões de pessoas da Terra tivesse uma calculadora para trabalhar em conjunto em um cálculo 24 horas por dia, 365 dias por ano, seria necessário 46 anos para fazer o que o Roadrunner é capaz de fazer em um dia", afirmou o departamento.   "Flop" é um termo relativo a operações de ponto flutuante por segundo. Um petaflop equivale a 1.000 trilhões de cálculos por segundo.   "O Roadrunner será usado pelo Administração Nacional de Segurança Nuclear do Departamento de Energia para executar cálculos que melhoraram em muito a capacidade de nos certificar de que os estoques de armas nucleares dos EUA são confiáveis sem a necessidade de se executar testes nucleares subterrâneos", informou o departamento em nota à imprensa.   "O Roadrunner não somente terá um papel importante na manutenção do papel nuclear dos EUA, e também vai contribuir para resolver nossos desafios globais de energia e abrir novas janelas de conhecimento em campos de pesquisa científica", acrescentou o departamento.

Mais conteúdo sobre:
Computadores Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.