Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Governo e oposição trabalham com vitória dos R$545 no Senado

Governo e oposição trabalham com cenário de vitória da proposta do Executivo para a política de reajuste do salário mínimo na votação no Senado nesta quarta-feira.

REUTERS

23 de fevereiro de 2011 | 19h21

O líder do governo na Casa, Romero Jucá (PMDB-RR), disse esperar que o governo tenha 54 votos de 81 possíveis para derrubar a proposta de um valor maior que os 545 reais propostos pelo governo para este ano.

Pelo acordo, além de votar o projeto da política de reajuste do mínimo e dos 545 reais, serão apreciados três destaques. Um que aumenta o valor para 560 reais, outro para 600 reais e um terceiro que derruba a proposta do governo de estabelecer por decreto o valor do mínimo até 2015.

"Para destaque relativo ao decreto, deve ser mais ou menos isso também", afirmou Jucá.

Para o peemedebista Eunício Oliveira (PMDB-CE), o projeto do Executivo deve ter cerca de 55 votos.

Mesmo o senador Flexa Ribeiro (PA), do oposicionista PSDB, admitiu que dificilmente a oposição conseguirá aprovar algum desses destaques. Os tucanos propuseram mínimo de 600 reais, promessa de campanha do candidato presidencial tucano José Serra.

O projeto de lei do governo já passou pela Câmara e se for aprovado sem modificações pelo Senado seguirá para sanção presidencial. A expectativa do governo é que o valor de 545 reais passe a valer em março.

(Reportagem de Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICASENADOPOSITIVO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.