Governo edita MP com crédito de R$42,5 bi para ministérios

O governo anunciou nesta quinta-feira a edição de uma medida provisória liberando 42,5 bilhões de reais em créditos extraordinários para que os ministérios e as empresas estatais federais possam continuar investimento em 2013, mesmo sem a aprovação do Orçamento.

Reuters

27 Dezembro 2012 | 17h09

A MP deverá ser publicada em edição extra do Diário Oficial da União ainda nesta quinta-feira.

"Sem a votação do Orçamento, os investimentos ficariam penalizados", disse a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, em entrevista coletiva.

Miriam afirmou que o objetivo da MP é manter em alta os investimentos no começo do próximo ano evitando prejuízo ao ritmo da atividade econômica.

"Queremos garantir que o empuxo que tivemos na economia no segundo semestre deste ano se espraia ao ano que vem", disse.

Ela manteve a expectativa de aprovação do Orçamento no começo de fevereiro, na volta dos trabalhos do Congresso, mas sinalizou que a edição da MP serve como precaução caso a proposta não seja aprovada.

O valor do crédito extraordinário da MP é equivalente a cerca de um terço dos investimentos previstos no Orçamento 2013.

(Reportagem de Tiago Pariz)

Mais conteúdo sobre:
MACRO MP CREDITOS MIRIAM ATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.