Governo eleva de 57,5% para 64% fatia de controle na Petrobras

O governo aumentou a sua fatia no capital ordinário da Petrobras --que garante o controle da companhia-- de 57,5 para 64 por cento após a capitalização, com a ajuda do fundo soberano e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, informou a Petrobras nesta terça-feira em um comunicado à Securities Exchange Comission (SEC), reguladora do mercado de capitais norte-americano.

REUTERS

28 Setembro 2010 | 17h10

Segundo informação da empresa, o governo comprou 1.810.505.485 ações ordinárias e 994.917.669 ações preferenciais na oferta pública de ações iniciada na sexta-feira e que será liquidada na quarta-feira.

A estatal confirmou declarações do ministro da Fazenda, Guido Mantega, informando que o governo ficou agora com 48 por cento do capital total da companhia, considerando ações ordinárias e preferenciais.

De acordo com a Petrobras, descontando despesas e comissões da operação, a oferta até o momento totalizou 67 bilhões de dólares, ou aproximadamente 115 bilhões de reais, que serão acrescidos de mais cerca de 3 bilhões de dólares se o lote adicional correspondente a 5 por cento da operação, o chamado greenshoe, for vendido.

(Por Denise Luna)

Mais conteúdo sobre:
ENERGIA UNIAO PETRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.