Governo eleva safra de milho; muda pouco projeção para soja

O governo estimou nesta quinta-feira a safra de soja do Brasil 2008/09 em 57,12 milhões de toneladas, praticamente inalterada em relação à previsão feita em julho, de 57,13 milhões de toneladas, de acordo com números divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

REUTERS

06 Agosto 2009 | 10h28

Na temporada passada, o Brasil produziu um recorde de 60 milhões de toneladas de soja.

Em seu 11o levantamento sobre a produção nacional de grãos de 08/09, a Conab previu a safra total de milho em 50,27 milhões de toneladas, alta em relação ao volume de 49,45 milhões de toneladas apurado na estimativa do mês anterior.

O Brasil colheu 58,65 milhões de toneladas de milho em 07/08.

Com o aumento na estimativa de produção de milho, na comparação com o levantamento de julho, a Conab estimou a safra total de grãos e oleaginosas do país em 08/09 em 134,48 milhões de toneladas, ante 133,77 milhões no mês passado --em 07/08, o Brasil colheu ao todo 144,1 milhões de toneladas.

"As lavouras de milho segunda safra (safrinha) da região Centro-Oeste foram as principais responsáveis pela recuperação em relação ao mês de julho, com destaque para Mato Grosso e Goiás", afirmou a estatal em um relatório.

Segundo a Conab, o clima ajudou os produtores goianos a ampliar a safrinha em 171,9 mil toneladas, atingindo 1,81 milhão de toneladas. "No Mato Grosso, o incremento foi de 392,5 mil toneladas, totalizando 6,75 milhões de toneladas."

A produção nacional de milho safrinha em 08/09 é agora estimada em 16,63 milhões de toneladas, contra 18,68 milhões de toneladas em 07/08.

A colheita da safrinha de milho ainda ocorre em Mato Grosso e Paraná, dois dos maiores produtores. A primeira safra do cereal, assim como a de soja, já foi colhida.

Segundo a Conab, o Mato Grosso assumiu em 08/09 o posto de maior Estado produtor de grãos do país, com 27,48 milhões de toneladas, seguido pelo Paraná, onde a safra sofreu grandes perdas com a seca, com 25,18 milhões de toneladas.

A safra de algodão do Brasil em 08/09 foi estimada em 1,19 milhão de tonelada, ante 1,21 milhão de toneladas da estimativa no mês passado. Em 07/08, o Brasil produziu 1,6 milhão de toneladas da pluma.

ALTA PARA TRIGO

A previsão da produção de trigo do país em 2009 também foi elevada, para 5,85 milhões de toneladas, ante 5,67 milhões de toneladas da estimativa de julho e contra 6 milhões da colheita de 2008, quando o país teve uma das melhores safras de sua história.

"O crescimento foi registrado principalmente no Paraná, Estado responsável por 57 por cento da produção brasileira do cereal", afirmou a Conab.

A colheita de trigo no Paraná, cuja safra foi estimada em 3,36 milhões de toneladas, deve começar em algumas áreas já em agosto.

Uma boa colheita de trigo no Brasil representa uma menor necessidade de importação, uma vez que o país costuma importar pouco menos de metade de seu consumo.

(Por Roberto Samora)

Mais conteúdo sobre:
COMMODSSAFRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.