Governo lança medidas para evitar dengue

Plano prevê treinamento de 15 minutos dos funcionários em seus locais de trabalho

O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2011 | 03h05

A Secretaria da Saúde de São Paulo lançou ontem o Plano Estadual de Controle da Dengue com o objetivo de evitar o avanço da doença no verão. Entre as medidas está o "treinamento express" dos funcionários de serviços de saúde.

A ideia do treinamento é capacitar os profissionais de saúde em seus locais de trabalho para que fiquem atentos aos pacientes com suspeita de dengue. Assim, a secretaria pretende reorganizar a assistência para evitar o agravamento dos casos.

O treinamento será dado em aulas compactas, de 15 minutos, e ocorrerá em 67 cidades consideradas prioritárias entre os 283 municípios do Estado que foram considerados como de risco alto para a ocorrência da doença.

O plano prevê também a montagem de "hospitais de campanha", que oferecerão tratamento especializado, auxiliando os municípios com maior incidência de casos. A ideia é desafogar o atendimento em hospitais e unidades de saúde.

Serão destacados 700 profissionais da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen) para acompanhar as visitas às casas realizadas por agentes municipais visando ao controle e à eliminação de criadouros.

Em algumas cidades prioritárias também haverá a realização do exame de sorotipagem viral nos casos suspeitos. O objetivo é identificar os subtipos de vírus em circulação e observar se haverá casos do vírus tipo 4 da dengue. / FERNANDA BASSETTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.