Governo libera R$ 50 milhões para HC e Incor

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou ontem que vai liberar R$ 50,5 milhões para o Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo e o Instituto do Coração (Incor), além de ter firmado convênio de R$ 8 milhões com o Instituto do Câncer para a compra de equipamentos de cirurgia robótica. Segundo ele, os investimentos buscam reduzir o tempo de espera por cirurgias eletivas.

LUIS CARRASCO, O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2012 | 03h06

"O Ministério da Saúde está fechando contratos com Estados, municípios e os maiores hospitais para que eles aumentem o número de cirurgias, que são as maiores filas do Sistema Único de Saúde", afirma.

Para o médico e diretor da divisão de cardiologia clínica do Incor, Roberto Kalil, o investimento ajuda a aumentar o número de transplantes no instituto. "Melhorando a estrutura para captar doadores, o número deles aumenta e, consequentemente, o de transplantados também, tanto os de coração quanto os de pulmão."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.