Governo não permitirá que crise global afete crescimento--Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou no sábado que a crise financeira global não pegou o Brasil desprevenido e prometeu que o governo não deixará que o crescimento econômico do país seja prejudicado. "Meu governo e a sociedade fizemos sacrifícios e agora começamos a colher os frutos... ampliou-se se nosso mercado interno, o que nos protege muito da crise internacional", disse Lula durante discurso de abertura da reunião do G20, em São Paulo. "O governo não permitirá que nosso crescimento seja comprometido", acrescentou o presidente. (Reportagem de Elzio Barreto e Renato Andrade)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.