Governo sugere que aluno com sinal de gripe falte aula

Os ministérios da Saúde e da Educação recomendaram hoje que os estudantes com sintomas de gripe suína sigam orientações médicas e evitem retornar às atividades escolares até estarem completamente restabelecidos. A orientação tem como objetivo reforçar a prevenção contra a doença, que até ontem havia causado 29 mortes no País. A possibilidade de adiamento do calendário escolar em alguns Estados ainda está em discussão com as secretarias estaduais de saúde, informou a nota dos ministérios.

AE, Agencia Estado

23 Julho 2009 | 18h49

O governo recomenda que professores e diretores de escolas também devem ficar atentos e orientar estudantes com sintomas a retornar às suas casas. Já os pais e responsáveis devem levar seus filhos aos postos de saúde ou ao consultório médico de confiança ao perceberem os primeiros sinais de gripe, que são febre repentina, tosse, coriza, dores musculares, nas articulações e dor de cabeça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.