Governo tenta repatriar 46 milhões de dólares da Satiagraha

O governo tentará repatriar 46 milhões de dólares supostamente ligados à Operação Satiagraha e apreendidos pelo Reino Unido, afirmou na sexta-feira o ministro interino da Justiça, Luiz Paulo Barreto. Segundo Barreto, o Ministério da Justiça recebe ainda nesta sexta-feira um documento do governo britânico sobre o bloqueio e o que o Brasil terá de fazer para recuperar os recursos, que foram requisitados ao país europeu pelo Ministério Público Federal. "Nosso objetivo é, efetivamente comprovando-se a vinculação desses recursos com o crime, conseguir a sua repatriação", declarou Barreto a jornalistas, em evento na sede da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Realizada pela Polícia Federal em julho, a Operação Satiagraha levou à prisão o banqueiro Daniel Dantas, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. Todos já foram liberados pela Justiça. Barreto, que é o secretário-executivo do Ministério da Justiça, chefia a pasta enquanto o ministro Tarso Genro está em férias. (Reportagem de Fernando Exman)

REUTERS

26 de setembro de 2008 | 17h22

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICASATIAGRAHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.