Governo trabalha para votar MP da poupança no 1o semestre

O governo trabalha para que a medida provisória que muda os rendimentos da poupança seja votada no Congresso ainda no primeiro semestre, afirmou nesta terça-feira a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

REUTERS

08 Maio 2012 | 11h00

Segundo Ideli, que se reuniu com líderes aliados no Senado nesta manhã, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, deve comparecer às duas Casas do Congresso para explicar a proposta, que tem como um de seus objetivos abrir espaço para a queda de juros no país.

"Nós vamos trabalhar para que ela (a MP) seja concluída, a sua votação, no primeiro semestre", disse a ministra a jornalistas.

A medida editada pelo governo na última quinta-feira determina que a remuneração da poupança passará a ser de 70 por cento da Selic, mais Taxa Referencial (TR), toda vez que a taxa básica de juros ficar igual ou abaixo de 8,5 por cento.

Antes de ser votada nos plenários da Câmara e do Senado, a medida precisa passar por uma comissão mista formada por senadores e deputados.

De acordo com Ideli, essa comissão deve ser instalada "provavelmente" no início da próxima semana.

(Por Maria Carolina Marcello)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA IDELI POUPANCA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.