Gradis são usados para reservar lugar em Copacabana

Rio, 27 - Após a passagem do papa Francisco no papamóvel e com a liberação de parte do trecho da Avenida Atlântica que estava interditado, muitos peregrinos que vão passar a noite na praia de Copacabana pegaram os gradis de proteção para reservar seus lugares no asfalto, na calçada e até na areia.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

27 de julho de 2013 | 20h08

As grades impediam que os fiéis ficassem perto demais do pontífice durante o cortejo. Mesmo com as atividades no palco, muitos grupos de peregrinos, cansados após a peregrinação de 9,5 km mais cedo e um dia inteiro na praia, já estão em seus sacos de dormir, colchonetes e colchões infláveis. Alguns montaram seus dormitórios improvisados no calçadão da praia, o que impede a passagem de outros peregrinos.

Mais conteúdo sobre:
JMJvigília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.