Graduandos vão a escolas incentivar inscrição na Fuvest

Alunos que entraram na USP depois de ter estudado em escola pública visitaram este ano 3.328 escolas estaduais e municipais de ensino médio em várias cidades do Estado. O objetivo do Programa Embaixadores da USP é incentivar que os alunos façam a inscrição na Fuvest.

O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2012 | 02h04

O programa existe desde 2007, quando a bonificação foi instituída na USP. Entretanto, o número de escolas visitadas este ano foi maior do que o acumulado dos outros cinco. O projeto de cotas anunciado nesta semana prevê recrutamento nas escolas, e projetos como esses serão fundamentais.

Neste ano foram impactados 100.847 mil alunos, segundo a pró-reitora de Graduação da USP, Telma Zorn. "O objetivo nosso é trazer mais alunos", diz. "Há alunos que não sabem que a USP é gratuita. Temos de mostrar que é possível estudar lá."

Os próprios embaixadores realizam inscrições no Programa de Avaliação Seriada (Pasusp), que chega a dar 15% de bônus. Também são produzidos relatórios sobre o impacto das visitas

Em 2012, participaram do projeto 1.543 alunos de graduação. Professores também se envolvem - 102 docentes visitaram escolas. A pró-reitoria de Graduação planeja fazer com que esse trabalho valha créditos. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.