Grandes clientes do Banco do Chipre receberão ações, diz fonte

Grandes correntistas no Banco do Chipre receberão ações do banco no valor de 37,5 por cento dos seus depósitos acima de 100 mil euros, disse na sexta-feira uma fonte familiarizada com a questão.

Reuters

29 de março de 2013 | 17h49

O restante do dinheiro pode nunca mais ser devolvido - dos valores superiores a 100 mil euros, 22,5 por cento deixarão de render juros, e os restantes 40 por cento continuarão rendendo juros, mas sua liberação dependerá da situação do banco.

As condições para a conversão dos depósitos em ações, pré-requisito para que o Chipre recebesse um resgate de 10 bilhões de dólares da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional, devem ser anunciadas pelas autoridades no sábado.

As autoridades cipriotas já anunciaram que o Banco Popular do Chipre será liquidado, e que seus ativos serão transferidos para o Banco do Chipre, o maior da ilha.

Depósitos de até 100 mil euros continuarão protegidos pelo Estado.

(Reportagem de Michele Kambas)

Tudo o que sabemos sobre:
CHIPREBANCOSCORRENTISTAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.