Grávida é atropelada na calçada e morre em SP

Uma gestante de quatro meses foi atropelada na noite de ontem no Jardim Baronesa, em Osasco, Grande São Paulo. Ela andava na calçada acompanhada de duas cunhadas quando um motorista perdeu o controle do veículo e a atingiu. A dona de casa chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital Regional de Osasco, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da manhã.

RICARDO VALOTA E DANIELA DO CANTO, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 06h57

Depois do acidente, o motorista tentou fugir, mas foi detido por testemunhas. De acordo com a polícia, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas um exame clínico constatou embriaguez. O caso foi registrado no 10º Distrito Policial de Osasco. O horário e o local do enterro da dona de casa ainda não foram definidos. Grávida do terceiro filho, a dona de casa tinha outras duas crianças, de 6 e 7 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
acidenteSPatropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.