Gravidez na adolescência cai 37% em SP

ESTADÃO.COM.BR

, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2011 | 00h00

A incidência de gravidez entre paulistas com 10 a 19 anos caiu 37% em 11 anos, afirmou ontem a Secretaria da Saúde de São Paulo, com base em dados da Fundação Seade. Em 1998, foram 148.018 casos no Estado; em 2009, o número caiu para 92.812. A queda é constante desde o primeiro ano do levantamento.

Segundo o relatório, houve redução de 37,8% na faixa etária de 15 a 19 anos. Em 1998, foram 143.490 adolescentes nessa faixa etária grávidas no Estado. Em 2009, esse número caiu para 89.176. Entre as de 10 a 14, a queda foi de 19,7%, com 4.528 casos em 1998 e 3.636 em 2009.

A secretaria usa 1998 como base de comparação porque é o ano em que a adoção de um modelo de atendimento integral à adolescente adotado em 1996 teria começado a mostrar resultados. O atendimento centrado nos aspectos emocionais e psicoafetivos dos adolescentes "vem contribuindo na prevenção e tratamento de doenças", afirmou o secretário da Saúde, Giovanni Guido Cerri.

Centro. O governador Geraldo Alckmin inaugurou ontem o Centro de Reprodução Humana e Centro de Diagnóstico em Gastroenterologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.