Grécia vacinará toda a população do país contra gripe H1N1

A Grécia vacinará toda a sua população de 12 milhões de habitantes contra a gripe H1N1, informou nesta sexta-feira o Ministério da Saúde.

REUTERS

31 Julho 2009 | 16h15

O país mediterrâneo, que recebe cerca de 15 milhões de turistas por ano, confirmou mais de 700 casos da doença, conhecida popularmente como gripe suína, mas não registrou mortes até o momento.

"Decidimos que a população toda, todos os cidadãos e residentes, sem nenhuma exceção, será vacinada contra a gripe", disse o ministro da Saúde, Dimitris Avramopoulos, após reunião ministerial.

A Grécia já destinou 40 milhões de euros para vacinas e realizou pedidos a Novartis, Glaxo e Sanofi para oito milhões de doses, que deverão chegar gradualmente em janeiro.

Especialistas em vacinação consideram que as pessoas precisarão de duas doses para obter proteção contra a gripe H1N1, então a Grécia precisaria de 24 milhões de vacinas para imunizar toda sua população. Outros países estão tomando medidas similares.

Cerca de 800 pessoas morreram em todo o mundo vítimas da nova gripe.

(Reportagem de Renee Maltezou)

Mais conteúdo sobre:
GRIPE GRECIA VACINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.