Greve de 24 horas deixa ônibus sem circular em PE

Os motoristas e cobradores de ônibus de Recife e região metropolitana cruzaram os braços à zero hora de quarta-feira, em uma paralisação de advertência de 24 horas, segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores Transporte Rodoviário do Estado de Pernambuco.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

27 de junho de 2012 | 11h34

As negociações, que vêm acontecendo desde o último dia 12, foram interrompidas na tarde da terça-feira e serão retomadas às 14 horas desta quinta-feira, entre os representantes dos sindicatos dos trabalhadores e patrões, na Superintendência do Ministério do Trabalho.

As principais reivindicações da categoria são o aumento salarial de 30,29% e R$ 140 de ticket refeição. Os patrões ofereceram 4,5%, segundo o Grande Recife. Cerca de dois milhões de passageiros utilizam o transporte coletivo em Recife, que possui 390 linhas, com três mil ônibus cadastrados.

Tudo o que sabemos sobre:
greveÕnibusRecife

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.