Greve deixa 15 mil sem ônibus rodoviário em Paulínia-SP

Ao menos 15 mil passageiros estão hoje sem transporte rodoviário em Paulínia, a 126 quilômetros de São Paulo. Motoristas e cobradores da Viação Passaredo iniciaram uma greve ontem. Eles pediam 16% de aumento, mas conseguiram 8%. A categoria ainda negocia o valor do vale-alimentação. Embora tenham recebido uma solicitação da Secretaria Municipal de Transportes para que ao menos 50% dos 120 funcionários em campanha salarial voltassem às atividades, os representantes dos motoristas e cobradores de Paulínia insistiriam por um acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.