Greve deixa 250 mil pessoas sem ônibus no Espírito Santo

Revoltados com medida do TRT, categoria decidiu paralisar 100% da frota, afetando 5 cidades da Grande Vitória

Solange Spigliatti, estadao.com.br

12 de maio de 2008 | 13h22

Cerca de 250 mil usuários de transporte coletivo estão sendo prejudicados na Grande Vitória por conta da greve dos motoristas e cobradores iniciada nesta segunda-feira, 12, segundo informações da Companhia de Transporte Urbano da Grande Vitória (Ceturb-GV). Vila Velha, Vitória, Cariacica, Viana e Serra estão sem transporte coletivo, já que a greve paralisou 100% da frota de ônibus do sistema Transcol (intermunicipais) e das linhas municipais. Segundo a assessoria da Ceturb, os grevistas deveriam circular com 50% da frota durante a greve, após liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), decidida na última sexta-feira, 9. A decisão revoltou a categoria, que decidiu pela paralisação de 100% da frota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.