Gripe afetará PIB do México em até 0,5 ponto percentual-ministro

O surto de gripe H1N1 no México vai afetar o crescimento do PIB do país neste ano entre 0,3 e 0,5 ponto percentual, disse nesta quinta-feira o ministro das Finanças, Agustin Carstens.

REUTERS

05 de maio de 2009 | 11h45

Carstens afirmou que o governo pode perder até 10 bilhões de pesos (752 milhões de dólares) em impostos devido aos problemas causados pela epidemia.

Ele disse que o governo vai oferecer medidas como alívio nos impostos para companhias afetadas e que isso teria um custo para o país de 17,4 bilhões de pesos (1,3 bilhão de dólares).

(Reportagem de Luis Rojas Mena)

Tudo o que sabemos sobre:
GRIPEMEXICOIMPACTOECONOMICO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.