Gripe aviária leva Tailândia a sacrificar 300 mil frangos

Aproximadamente 300 mil frangos serãosacrificados neste domingo em Nakhon Phanom, depois que um foco de gripe aviária foi detectado nessa província no nordeste da Tailândia,informaram fontes oficiais. A ordem foi emitida pelo Ministério de Agricultura depois que exames apontaram que 2.200 frangos, que morreram na semana passada na província, estavam infectados pelo vírus H5N1. Citado pelo jornal The Nation, o vice-ministro de Agricultura, Adisorn Piengket, afirmou que os 300 mil frangos pertencem a algumasdas 78 fazendas de Nakhon Phanom. A confirmação do foco acontece quatro dias depois de a Tailândiaanunciar a morte de um jovem de 16 anos, vítima da gripe aviária. Aproximadamente 63 milhões de aves de granja foram sacrificadas na Tailândia, um dos principais exportadores de frango processado do Sudeste Asiático. O sacrifício das aves faz parte da tentativa de erradicar a gripe aviária, que afeta sete províncias do país, declaradas "zonasvermelhas" ou de alto risco de infecção. O número de mortes pela epizootia é maior nos países vizinhos Indonésia e Vietnã, que encabeçam a lista mundial de mortes de pessoas por causa da doença, com 42 óbitos em cada país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.