Gripe: Bachelet critica Brasil por desaconselhar viagens

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, mostrou hoje seu descontentamento com a recomendação do Ministério da Saúde do Brasil para que os brasileiros evitem viajar ao Chile e a outros países sul-americanos por causa do alto número de pessoas contaminadas pelo vírus da influenza A (H1N1) nesses lugares. "No Brasil está sendo dito às pessoas que não viajem ao Chile e à Argentina por causa da gripe. Nos parece que esse tipo de resposta, explicada pelo susto, pelo medo, não é a resposta que nós que trabalhamos com saúde consideramos necessárias para enfrentar uma epidemia dessa natureza", disse Bachelet em Washington, nos Estados Unidos, onde se encontra em visita oficial.

AE-AP, Agencia Estado

24 de junho de 2009 | 14h12

Para combater a pandemia de gripe suína, afirmou a presidente chilena, a única solução é a cooperação e o trabalho em conjunto, e não impedir o deslocamento e o ingresso de pessoas nos países. Ontem, ao recomendar que a população adie eventuais viagens para países onde circula o vírus da gripe suína, o ministro da Saúde brasileiro, José Gomes Temporão, também disse que, caso os deslocamentos não possam ser adiados, os turistas devem observar as recomendações das autoridades locais, sobretudo onde o vírus da doença circula.

Mais conteúdo sobre:
gripe suínaBrasilChileviagens

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.